14 de nov de 2008

o que acelera o tempo são os quadros em branco,
pós trinta, ou trinta e um.
compensação pura de tempo, em tempo
pra falta dele tenho remédio, meu tédio
torna-los pretos, preenche-los de tempo, todo o espaço.
seria poder ver tê-lo em vertigem pra gente.
seria ter veia pra vê-la em cima da linha.
do tempo. tendo. tempo. pratempo
pra assar, passar tempos, tempos tendo passado.
rápidos! a cru.
quadros rápidos do universo,
origem escura nuvem turva sem chuva,
calor pára o tempo pra ver transpirar
no correr dos quadros em branco.
temporal sem água, corrida infinita em busca do nada.
é velho tempo, em velho tenho, envelhecendo.
corre contratempo, contra o tempo velho tenho sido,
a cada instante momento, fração de tempo.
ruga que tenho.
chega rápido tempo, quando devagar fico na cidade pequena.
carroça e leite sem a rede, rede que passa o tempo.
mata. não sei


por carlos eduardo

Nenhum comentário: